Google+ Followers

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

INCONFIDENCIA MINEIRA

Os amigos pernambucanos, merecemos viver numa civilização organizada e justa, porém ao invés disso são obrigados a escolher aqueles que juram, com as mãos de bom político, o quanto honrar a família, civilidade e eleitores, mas depois de eleitos ficam à mercê de cargo dos partidos e seus benefícios faustos. Político europeu nada aqui administra porque só nomeiam picaretas cujas decisões comprometem todas as gerações. Não há mais cidades sem o processo de favelização. A bandidagem molda o território e a cada milhão surrupiado resulta em centenas de jovens jogados da escola para rua, o governo não se preculpa com a educação no país. Não há livre trabalho de distribuição de camisetas de campanha, entretanto impostos distribuem bolsa família. O Senado até que aprovou o fim da CPMF. Empresariado brasileiro, que arriscam fortunas no desenvolvimento do país, embora tudo lá seja ditoso como se no resto ninguém existisse. A nação precisa de uma tropa de lideres e não meia-dúzia para partilhar mensalões.
A história do Brasil teve início quando o espírito de coragem à Pátria elevou homens a dar próprias vidas heroicamente para transformação nacional. Uns desses heróis foi Tiradentes, que morreu na forca para salva o Brasil, da “Inconfidência Mineira”. Atualmente na nossa política, não existem homens sérios como 500 anos atrás. O país conquistava a libertação dos escravos, a independência e a proclamação da República que assegurava o bravo povo retumbante. Quando haverá a libertação do voto obrigatório? Cinqüenta anos perdidos seriam resolvidos em trinta meses com o voto de qualidade. Atenciosamente: Manoel José de Santana (Manoel Limoeiro) E-mail:manoeljs127773997@hotmail.com / manoellimoeiro@oi.com.br

Telefone de contato: 81-87405965

Recife-PE., 23 de janeiro de 2008, quarta-feira.
Postar um comentário