Google+ Followers

domingo, 1 de junho de 2008

O Ministério Público Eleitoral instaura procedimento contra a PCR OP

Li a matéria do Diário de Pernambuco (DP), do último dia 30, a polêmica da revista do Orçamento Participativo (OP), o relato dos sete anos, da existência das obras. Um do pré-candidato a Prefeitura do Recife (PCR), tomou a iniciativa de noticiar o fato a ao Ministério Público Eleitoral, apurar os custos do material divulgado pelo o governo municipal. O Ministério Público, após analisar as peças, achou por bem de instaurar um procedimento investigatório na gestão municipal. Em roda de Fogo nos Torrões, tomei conhecimento da revista com a capa vermelha representando o partido a cor do PT. Ao ler observei quantas obras foram realizadas na comunidade, referente a intervenção do saneamento básico e recuperação dos lotes condominiais do esgotamento sanitário. Iniciado em 2003. Essa obra milionária foi avaliada em mais de R$ 1.500.000,00, e até hoje não vejo nenhum melhoramento na comunidade. Pergunto, ao prefeito João Paulo, onde foi parar tanto dinheiro público? Atenciosamente: Manoel José de Santana (Manoel Limoeiro) e-mail: manoeljs127773997@hotmail.com

Recife-PE., 01 de junho de 2008, domingo.
Postar um comentário