Google+ Followers

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Segurança Pública de Pernambuco.

Após a criança Maria Eduarda Ramos Barros, de 9 anos, ser assassinada durante a investida da PM, o governo adota medida de reciclar os 17 mil Policiais Militares, no Estado. Ora! Porque, o poder público não tomou essa iniciativa antes do fato ocorrido e porque agora? Existe um ditado que o brasileiro só fecha a porta depois de roubado. O homicídio foi idêntico ao do Rio de Janeiro, que abalou o país. Em minha opinião o policial merece de uma boa remuneração salarial, para trabalhar mais seguro nos seus sustentos familiares. Caso não são bem pagos pelo o Estado, vem surgir problema psicológico. Outros motivos nos amparatos das policias, civil e militar, é o governo oferecer a esses profissionais uma infra-estruturas no dia-a-dia para se combater os bandidos nas Ruas. Lamento muito profundamente as famílias das vitimas assassinadas covardemente nas abordagens das Policias Militares, de Pernambuco e Rio de Janeiro. Espero que toda sociedade se mobilize e cobre mais ações dos governos nas políticas da segurança pública. Atenciosamente: Manoel José de Santana (Manoel Limoeiro) E-mail: manoeljs127773997@hotmail.com
Cel. 81-87405965/81-94385932


Recife-PE., 23 de julho de 2008, quarta-feira
Postar um comentário